Até um dia!

O lado pessoal da vida de um cientista em formação é um misto de prazer em se conhecer pessoas incríveis e de tristeza por ter que se despedir delas pouco tempo depois. A impressão é de que estamos sempre fazendo amigos a quem só encontraremos num casamento ou num congresso por aí. E olhe lá, porque as pessoas se espalham pelo mundo, mudam de área de pesquisa, de carreira…

Estou desde fevereiro de 2007 no NGHM, descontados uns intervalos. E nesses intervalos também conheci e me despedi de muitas pessoas que hoje fazem falta. Mas agora chegou a hora de eu dizer “até logo” aos colegas deste laboratório.

As experiências vividas como aluno de IC e de doutorado do NGHM transformaram minha vida. Vou lembrar pra sempre de momentos e de pessoas que passaram por aqui durante esse tempo. E estarei de alguma forma ainda ligado ao lab, pois ele é como se fosse minha cidade natal, onde nasci como cientista.

Desejo tudo de melhor aos que ficam, que continuem a fazer o laboratório crescer.

Vou seguir por outros caminhos agora, e iniciar minha carreira, sempre levando na mente algo que aprendi aqui: Que o cientista que somos é maior do que a ciência que fazemos em nossos projetos de pesquisa. Que eu possa, a cada dia, saber mais sobre o mundo do que eu sabia ontem, e que eu use isso para melhorar a vida de alguém.

Um grande abraço a todos!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s